FANDOM


Esta é a Wiki da linguagem Cuta (de curta - do português). A linguagem Cuta é uma tentativa de se criar uma nova língua, que terá como base de inspiração o português, o inglês e o esperanto naquilo que for conveniente. Mas a criação de regras e incorporação de palavras podem ser feitas de outras línguas desde que se enquadrem nas regras pré-definidas assim como as palavras e regras criadas por livre conveniência. O importante é criar uma língua livre e de fácil entendimento e lógica.

No que esta linguagem busca inovar? O objetivo desta língua é fazer uma linguagem com palavras de poucas letras, a princípio o máximo de letras que uma palavra pode ter são 7 letras (o que seria exceção). E a grande maioria das palavras devem ser constituidas de 4 ou 5 letras no máximo, fazendo dela uma linguagem rápida e com uma grande quantidade de informação em pouco texto e pouco tempo. Antes de se decidir por palavras por no máximo 7 letras, pensou-se em 5 no máximo, o que seria uma língua mais curta ainda, mas optou-se por 7, pois com 5 letras teria que se admitir uma grande variação em palavras iguais, gerando palavras homônimas que devem ser evitadas.

A única exceção a regra das palavras curtas são siglas, mas ainda sim para criar siglas recomenda-se que se sejam curtas e que obedeçam a construção gramatical proposta para que possam ser ditas como se fosse uma palavra da língua sem precisar soletrá-la, em todo ou em parte.

Esta língua é totalmente aberta. As regras foram pré-definidas para que se dê uma base de estudos para o desenvolvimento da mesma, afinal se precisa começar de algum ponto, mas nada impede de haver novas regras para construí-la (principalmente nas partes não definidas - já as que estão previamente definidas seria mais difícil).

Se existem regras que de maneira nenhuma podem ser mudadas na Cuta e que a caracteriza, são 4 regras que são:

1 - Qualquer palavra desenvolvida NA LÍNGUA não pode exceder a 7 letras. A maioria das palavras devem ter, preferencialmente, no máximo 4 a 5 letras.

2 - Deve ser uma língua fácil de aprender, construção gramatical lógica e com regras gramaticais claras. Se houver exceções, que sejam poucas (de preferência nenhuma, mas deve-se analisar caso a caso). Existem línguas que têm tantas exceções para as regras, que as exceções passam a impressão de ser a regra.

3 - Por ser uma linguagem curta, deve ser rápida de se escrever e de se falar, passando uma quantidade maior de informação em menos tempo e em menos texto.

4 - Deve ser uma língua sem polissemia (palavras iguais com vários significados diferentes) para significados diversos que não tem uma mínima ligação semântica (de sentido) entre si.

O que fugir disto, definitivamente não é Cuta. Mas nada impede (e geralmente acontece isto com projetos abertos) de desenvolverem uma nova língua (um "fork") a partir desta língua.

A linguagem Cuta ainda terá um dicionário dividido em 2 partes: parte própria e parte alienígena. Na parte própria são todas as palavras da língua. Na parte alienígena se terão as palavras provenientes de outras línguas que, por questão de padrão e aceitação, achou-se melhor não converter seus nomes para o Cuta. Como é o caso das palavras de origem latina ou grega que costumam nomear seres vivos pela ciência moderna, nomes próprios em outras línguas entre outros termos.

A linguagem também pretende ter uma versão simplificada e outra normal. A simplificada terá menos palavras que a normal, onde se terá 1 palavra base para se representar algo e não terão sinônimos. Na normal se terão todas essas palavras que servem para representar a mesma coisa (sinônimos). Quem sabe ler e falar na versão simplificada pode ter dificuldade de entender um texto escrito na versão normal, apesar de ser uma linguagem mais seca e direta (foco na comunicação). Já quem saber ler e escrever a versão normal não teria dificuldade nenhuma em entender alguém que fala ou escreve na versão simplificada, apesar de que pode achar pobre a linguagem simplificada. A versão normal é mais focada para literatura, poesia, música, etc.

Por fim, a linguagem terá 2 alfabetos. 1 no alfabeto clássico latino, que já está pré-definido os sons de cada uma das letras (cada letra, 1 som) e um alfabeto simbólico, como nos alfabetos japoneses, chineses, coreanos, etc. Este último ainda será desenvolvido.

Mais detalhes, nas categoriais da Wiki.

Se deseja participar do desenvolvimento da língua, acesse o fórum e colabore com o desenvolvimento:

kuta.forumeiros.com (oficial)